1b

Bolivia TRINIDAD catalunia Angola portorico dominica Chile México India Israel malasia noruega Australia Mozambique colombia Equador Camboya Bulgaria Romenia Costa Guatemala Polonia Lanka Suiza Vietnam Panama Finlandia Belgica Tailandia Bhutan San Domingo Peru

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Nasa Divulga Imagem do 'Cometa do Século' e Alerta para Desintegração

O cometa Ison poderá brilhar tão intenso quanto a Lua Cheia quando passar no ponto mais próximo ao Sol
Foto: NASA, ESA, Hubble Heritage Team / Divulgação

Passagem do cometa pode ser um evento espetacular ou uma decepção.
As agências espaciais europeia (ESA, na sigla em inglês) e americana (Nasa) divulgaram na segunda-feira uma imagem registrada em 9 de outubro pelo telescópio espacial Hubble mostrando o cometa Ison - apelidado, devido ao seu brilho, de "cometa do século". Na imagem, o núcleo sólido do cometa é muito pequeno, mas íntegro. Se tivesse se partido - uma possibilidade considerada pelos astrônomos, uma vez que o Sol esquenta lentamente o cometa durante sua aproximação e poderia até destruí-lo -, o telescópio teria provavelmente identificado evidência de múltiplos fragmentos.
O cometa Ison (chamado de C/2012 S1 por cientistas) atingirá seu brilho máximo para quem o olha da Terra no final de novembro, quando o objeto celestial passa pelo Sol. Quanto mais brilhante fica, mais visível é para o observador humano - e maiores ficam as chances de se poder ver o cometa a olho nu antes de ele desaparecer dos céus do nosso planeta, por volta de dezembro, quando será registrada sua aproximação mais próxima.


Dependendo do destino do cometa ao passar perto do Sol, o cometa Ison poderia se tornar um espetáculo nos céus ou, pelo contrário, uma decepção. De acordo com a Agência Espacial Europeia, o corpo celeste poderia se desintegrar completamente. Qualquer que seja seu destino, o cometa será observado com muito intersse por missões da Nasa, da ESA e de outros observatórios, dedicados a estudar esse visitante gelado pelos próximos meses.
Descoberto em setembro de 2012 por dois astrônomos russos, o Ison foi chamado de "cometa do século" após algumas previsões que indicavam que ele poderia aparecer tão grande como a Lua Cheia para quem vê da superfície da Terra. Contudo, isso depende de sua passagem pelo Sol.

Descoberta​
O Ison foi descoberto pelos astrônomos russos Vitali Nevski e Artyom Novichonok em setembro de 2012. O nome dado foi o da instituição na qual os dois trabalham, a International Scientific Optical Network.
No dia 28 de novembro, ele deve chegar a uma distância não muito maior do que um milhão de quilômetros da superfície da estrela.
Se o cometa sobreviver a esta passagem, deve se afastar do Sol ainda mais brilhante do que antes e poderá iluminar os céus da Terra em janeiro de 2014.
No entanto, cometas são imprevisíveis, e o Ison poderá se desintegrar durante a passagem nas proximidades do Sol.

                                          Veja o Vídeo Abaixo:


                                   Fonte:Die Geheimnisse des Weltraums

CHEGADA DE UFOS ENORMES EM NOSSO SISTEMA SOLAR !!!


Segundo esse suposto agente do governo dos EUA, naves enormes chegaram  no sistema solar e estão estacionadas no lado oculto da Lua, por isso teve o desligamento da NASA e outros setores espaciais para o encobertamento disso, e não pela economia.
Estariam aguardando mais naves para alguma ação contra o planeta terra?

Veja o Vídeo Abaixo:


Raro Eclipse Solar em 03 de novembro 2013


Raro Eclipse Solar em 03 de novembro. Um grande evento astronômico do ano é um  eclipse solar “híbrido“. 
A edição deste ano é especialmente rara porque começa com eclipse anular e termina com um eclipse total. O Cartógrafo Michael Zeiler acumulou muitos mapas e muita informação gráfica em seu site . Quando a Lua passa diretamente entre o Sol e a Terra, o resultado habitual é de um eclipse solar total ou anular. Mas o evento no dia 3 de novembro é uma espécie de eclipse híbrido. 
Raro Eclipse Solar em 03 de novembro. Um grande evento astronômico do ano é um  eclipse solar “híbrido”. Estranho para voce? A Lua passa em frente ao Sol, gerando um eclipse anular fugaz no início e um relativo e breve eclipse total mais tarde.

OBSERVING BLOG by Kelly Beatty

Quando a Lua passa diretamente entre o Sol e a Terra, o resultado habitual é de um eclipse solar total ou anular. Mas o evento no dia 3 de novembro é uma espécie de eclipse híbrido. No ponto do Atlântico Norte onde a sombra umbral da Lua começa a sua corrida em terra, a cerca de 600 milhas (1.000 km) a leste de Jacksonville, na Flórida, EUA, um observador extremamente bem colocado iria começar a ver um anel vestigial do Sol em torno da silhueta da Lua por alguns segundos fugazes, logo após o amanhecer de 03 de novembro.


Acima: O eclipse em 3 de novembro de 2013, começa como um evento anular (no extremo esquerdo da linha verde), mas rapidamente torna-se um eclipse solar total na medida que a sombra da Lua cruza o Oceano Atlântico e vai até a África central. Clique na imagem para uma versão maior. Sky & Telescope ilustração / fonte: F. Espenak

Mas depois disso, na medida que a sombra se projeta para sudeste, as “pegadas” da sombra da lua se acelera devido à curvatura da Terra. Assim, a aparência muda para ser de um eclipse total – embora relativamente curto. O “grande eclipse,” demorará cerca de 99 segundos e meio de totalidade, acontecerá cerca de 12:46 horas Tempo Universal (10:46 horário de Brasilia) em um ponto a cerca de 200 milhas (330 km) a sudoeste da costa da Libéria. A sombra umbral da Lua terá apenas 29 milhas de largura (47 km), quando atingir a África no Gabão, onde haverá 68 segundos de totalidade. 

Em seguida, ele desliza para leste-nordeste através do Congo (até 53 segundos), República Democrática do Congo (44 segundos), Uganda (19 segundos), no norte do Quênia (13 segundos), antes de terminar no sul da Etiópia e Somália ocidental (1 segundo no pôr do sol). Durante o eclipse solar híbrido anterior, em abril de 2005, um trecho da totalidade foi imprensado entre as visões anulares no início e no fim. 


A edição deste ano é especialmente rara porque começa com eclipse anular e termina com um eclipse total. O Cartógrafo Michael Zeiler acumulou muitos mapas e muita informação gráfica em seu site. Por um pouco de diversão de uma olhada  nas circunstâncias “e se” ao longo do caminho umbral, confira  mapa interativo do eclipse de Xavier Jubier que cobre o caminho da sombra do eclipse umbral no Google Earth. Vou estar com a equipe da expedição Sky & Telescope do eclipse na costa leste do lago Turkana, no noroeste do Quênia, onde nós estamos esperando para ver 11 segundo de totalidade. 

Isso não é muito tempo – não há tempo nenhum para se atrapalhar com as configurações da câmera para fotografar! - Mas seremos recompensados com visual belíssimo de efeitos de Baily e longos arcos carmesim de cromosfera do sol. Vários outros pequenos grupos estarão conosco no Quênia, porque é onde o meteorologista Jay Anderson (o “sumo sacerdote” da previsão do tempo de duração de um eclipse) espera a melhor probabilidade de céu sem nuvens em ao longo do caminho da totalidade por toda a África. 

E mesmo a partir daí a chance é de 50:50, então nos desejem boa sorte! Uma previsão da aparencia da “lua mordida” para o café da manhã. Enquanto isso, uma ampla faixa de locais no leste dos Estados Unidos, norte e nordeste da América do Sul, o Mediterrâneo, e praticamente toda a África começa a desfrutar de um eclipse solar parcial – se o clima permitir, é claro.

Se o clima permitir, os madrugadores ao longo da costa oriental dos EUA poderão ver um eclipse solar parcial no nascer do sol em 3 de novembro de 2013. Percentagens mostram fração da área do Sol coberto pela lua.
Sky & Telescope ilustração / fonte: Stellarium

Nos EUA, o eclipse parcial já está no máximo quando o sol espreitar ao longo do horizonte sudeste de madrugada. Quanto mais a leste e ao norte estiver ao longo da costa oriental, através de Boston, será a melhor vista. Basicamente ninguém a oeste das Montanhas Apalaches começa a ver o eclipse – os madrugadores ao longo de uma linha desde Akron a Atlanta verão apenas um ligeira corte no Sol Nascente. 

O gráfico anterior mostra a representação de seis vistas de locais diferentes. Para um conjunto mais completo de cidades, dê uma olhada no grande mapa do Zeiler. Além disso, verifique este quadro de circunstâncias do eclipse para várias cidades compilados por Fred Espenak. (Note que a tabela utiliza Tempo Universal-UTC, então ajuste para seu fuso horário. ) 

Para assistir ao eclipse parcial de madrugada, você vai precisar de um horizonte desobstruído, binóculos ou um telescópio equipado com um filtro solar seguro sobre a frente. Sempre usar um filtro (lentes especiaia para fotografar e/ou ver o sol) solar de boa qualidade quando se olhar para o Sol brilhante, seja durante um eclipse parcial, ou em qualquer outro momento. S & T ’s editores muitas dicas para visualizar o Sol de forma segura.


Veja o Vídeo Abaixo:


                                            Fonte:TheZOKEproductions

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

ATERRORIZANTE: FUNCIONÁRIA DA NASA ADVERTE O MUNDO SOBRE A CHEGADA DE NIBIRU E SUAS CONSEQUÊNCIAS


Em entrevista nos dias 6 e 7 de agosto de 2013 à Veritas Rádio, com Pattie conta tudo !
Bom, pra começar, o currículo dela não deixa dúvidas de que Sra. Brassard teve acesso aos segredos através das funções exercidas no exército, Microsoft e na própria NASA.
Sem titubear, Brassard inicia suas revelações ao tratar do acidente nuclear em Fukushima, Japão, em 2011. Sim, o terremoto/tsunami foi um evento natural se você considera como 'natural' o alinhamento do Segundo Sol que está entrando no Sistema Solar e já poderá ser visto por todos antes mesmo do fim deste ano.


Como Pattie Brassard ficou sabendo disso tudo ?

Ora, ela trabalhou para o exército americano, justamente no setor de comunicação por satélite, defesa anti-mísseis e uplinks. Na NASA, ela teve acesso a todos os canais de comunicação restritos e de uso militar, inclusive os relatórios secretos enviados pelos observatórios em órbita.Isso explica não só como ela teve acesso, mas também responde a várias questões:
- A construção em tempo recorde de um mega telescópio no deserto do Atacama.
- A construção de um supertelescópio na Antártida.
- O envio de sondas de monitoramento à Marte.
- O ultramoderno telescópio do Vaticano.
- A intensificação de cometas e asteroides.
- Maior número de meteoritos (bolas de fogo) chegando à Terra....e por aí vai...inclusive toda a preparação que temos visto acontecer e se intensificar nos últimos meses como a escavação de cidades subterrâneas e a FEMA estocando mantimentos
........................................................................
Bom, voltemos então ao terremoto na região de Seattle: ela não explica como, mas os militares e cientistas da NASA devem ter como calcular o próximo alinhamento do Segundo Sol causando um forte terremoto, tão forte que será capaz de arruinar a Califórnia...ou mesmo afundá-la no oceano.

"As coisas só vão piorar de agora em diante", alerta Brassard.
O Segundo Sol está chegando com seus 7 planetas. Chamemos pelo nome que quisermos (Planeta X, Nibiru, Hercólobus, Absinto), o certo é que ele já foi predito. Este Segundo Sol é 1/10 o tamanho do nosso Sol, mas um dos planetas que traz consigo é quatro vezes o tamanho de Júpiter (o Kachina Azul predito pelos índios Hopi).
Segundo Sra. Brassard, veremos as coisas piorarem sensivelmente de agora em diante. Os planetas terão suas órbitas perturbadas, a rotação da Terra diminuirá, o campo magnético também ficará mais fraco...Novembro será o pior momento !
Os rastros químicos (chemtrails) aspergidas por aviões, principalmente no hemisfério norte, é uma tentativa desesperada de se encobrir este "segundo sistema solar" que se avizinha do nosso e que tantas perturbações causa.

A NASA já sabe que nenhuma arma é capaz de mudar a rota do Segundo Sol.


Tudo é inútil. As "chemtrails" estão aspergindo produtos químicos tóxicos para reduzir a população (porque o número de mortos será de bilhões). Daí a FEMA ter comprado tantos caixões funerários com anos de antecedência.
Ao nascer e pôr-do-sol todos poderão ver o Segundo Sol, mas nenhuma agência governamental irá dizer nada a respeito porque apenas a "elite" está sendo preparada. Toda a propaganda em torno do fim do mundo em 2012 foi propositalmente feita pela elite para acalmar a população, visto que sabiam que iria falhar (o fim do mundo), então, ninguém mais acreditaria quando dissessem que não seria em 2012, mas em 2013/2014.
Eles sabem as datas exatas.
Eles sabem que toda a rede elétrica do planeta será danificada e o povo ficará sem eletricidade de uma hora para outra.
(*) Por isso criaram o banco de sementes na noruega e a biblioteca digital.
O cometa ISON é maior do que o que eles dizem ser. Sua cauda vai criar problemas.
Mas eles não vão alertar a ninguém sobre o que vem. Querem o povo adormecido.
A radiação que atingirá a Terra será devastadora. Só então saberemos porque construíram pirâmides e templos de pedra no passado: são verdadeiras Gaiolas Faraday - http://pt.wikipedia.org/wiki/Gaiola_de_Faraday. 

O nível do mar vai subir e muitos países serão submersos. Eclipse de 3 dias ! (evento costeiro e a Profecia dos 3 Dias de Escuridão).
(*)Isso me lembrou os "Mapas Pós-Transição" psicografados por vários médiuns ao redor do mundo e videntes de Nossa Senhora, como o brasileiro Cláudio Heckert.

O caos será gigantesco, mas um novo mundo surgirá depois disso.

Até lá, as tropas militares atirarão sem piedade em quem não cumprir as recomendações. Isso explicaria o atual movimento de equipamentos militares nos EUA, flagrado por civis. Também a presença de militares estrangeiros como russos e chineses em solo americano: a 'elite' já teria escolhido a América como o lugar onde o novo mundo ressurgirá.
Segundo Brassard, a única salvação à radiação que virá é estar no subterrâneo. Tudo vai queimar na superfície.
A queda daquele meteoro na Rússia não foi por acaso, foi um teste. Eles testaram um raio a partir da Estação Espacial Internacional e vejam no que deu.
Por sorte a Rússia conseguiu interceptar o meteorito segundos antes do seu impacto com o chão, o que teria sido devastador.
Eles já sabem que nós não temos tecnologia para nos proteger do que vem pela frente. Nossas armas são inúteis.
A entrevista de Pattie Brassard foi confirmada pelo post que você pode conferir aqui!
Segue a entrevista:

                                          Veja o Vídeo Abaixo:


                                       Fonte:Veritas Media Network

UFO - OBJETO VOADOR NÃO IDENTIFICADO, CAPTURADO PELA MISSÃO GEMINI 11


      Um estranho objeto é visível em uma foto tirada pela  equipe da Missão Gemini 11.

                                          Imagens fonte:http://www.spacefacts.de 

Objeto é muito semelhante ao dos objetos observados durante o famoso incidente da NASA STS-75 Tether. 
Naves extraterrestres avançadas ou um ser vivo no espaço?

                                         Veja o Vídeo Abaixo:


                                            Fonte:Streetcap1

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Satélite de 1 Tonelada deve cair na Terra nos Próximos Dias


Sem combustível capaz de mantê-la em orbita, a sonda europeia GOCE está com os dias contados e deverá reentrar na atmosfera nos primeiros dias de novembro. Grande parte da estrutura será consumida em chamas, mas pedaços maiores poderão atingir a superfície.
A sonda GOCE foi lançada em 17 de março de 2009 a partir do cosmódromo de Plesetsk, a 800 km ao norte de Moscou e seu objetivo foi produzir um mapa de alta resolução do shape do globo terrestre em consequência das anomalias gravitacionais.

A estabilização da altitude da sonda é obtida por meio da ejeção de íons de xenônio e depois de quatro anos no espaço seu combustível acabou, deixando o artefato à mercê do arrasto na alta atmosfera, que dia após dia faz a sonda perder velocidade e altitude.

Atualmente, GOCE descreve uma órbita quase circular ao redor da Terra a cada 89 minutos, sobrevoando o planeta entre 217 e 223 km de altitude. Essa é uma altitude muito baixa e os satélites nessa posição sofrem tremendamente a influência da alta atmosfera, que age como uma espécie de freio. Como consequência do arrasto a sonda perde velocidade, condição fundamental para mantê-la em orbita em uma altitude segura.

Essa perda de altitude é diária e em determinado momento a velocidade orbital não será mais suficiente para sustenta-la e o processo de queda será irreversível.


A GOCE mede cinco metros de comprimento e pesa 1.2 tonelada e devido à sua órbita altamente inclinada poderá cair em qualquer lugar da Terra, inclusive no Brasil. Grande parte da estrutura será consumida em chamas, mas pedaços maiores poderão atingir a superfície.


Previsão de reentrada
Para fins de cálculo e modelagem, a altitude considerada crítica para um objeto em órbita é de cerca de 100 km, quando as forças naturais impedem que o satélite complete mais uma revolução.

Apesar de ser muito cedo para afirmar onde a sonda irá cair, os dados iniciais calculados pelo Apolo11-Satview mostram que a GOCE poderá atingir a altitude crítica ao redor de 11 de novembro.

A data calculada nesta segunda-feira aponta o dia 10 de novembro como data provável da queda, com estimativa grosseira de horário às 12h44 BRT.

Se isso se confirmar, a GOCE reentrará acima do EUA, a oeste dos Grandes Lagos. No entanto, diversos fatores influenciam na previsão de reentrada entre elas a atividade solar que tem papel importante na densidade das camadas elevadas da atmosfera e consequentemente no arrasto sobre o satélite.

A melhor forma de estar bem informado sobre o momento da reentrada é monitorar constantemente sua posição. Para isso, o Apolo11-Satview está realizando quatro modelagens diárias na tentativa de prever a posição de reentrada da GOCE. Além disso, dados importantes para que o objeto possa ser visto de sua cidade já estão sendo publicados.

Para acompanhar a previsão, acesse: SATVIEW.ORG 
Fortes emoções nos esperam!
Fonte:
Fonte:

FUKUSHIMA E O FIM DA HUMANIDADE! 28 PROVAS QUE A CALIFORNIA ESTÁ SENDO FRITADA PELA RADIAÇÃO!

Estamos falando de um desastre nuclear que é absolutamente sem precedentes, e está constantemente piorando.
O mapa acima vem da Nuclear Emergency Tracking Center

Isso mostra que os níveis de radiação nas estações de monitorização de radiações em todo o país são elevados. Como você irá notar, isto é real e verdadeiramente está acontecendo ao longo da costa oeste dos Estados Unidos.

A cada dia, 300 toneladas de água radioativa de Fukushima entra no Oceano Pacífico. Isso significa que a quantidade total de material radioativo liberado de Fukushima está constantemente a aumentar, e isso está em constante destruição da nossa cadeia alimentar.

Em última análise, toda essa radiação nuclear irá permanecer por um grande tempo. Estão dizendo que pode levar até 40 anos para limpar o desastre de Fukushima, e, entretanto, inúmeras pessoas inocentes irão desenvolver câncer e outros problemas de saúde como resultado da exposição a altos níveis dessa radiação nuclear.

Estamos falando de um desastre nuclear que é absolutamente sem precedentes, e está constantemente piorando.

A seguir, você verá 28 sinais de que a costa oeste da América do Norte está sendo absolutamente fritada com a radiação nuclear de Fukushima.

1.  ursos polares, focas e morsas ao longo da costa do Alasca estão sofrendo de perda de pele e feridas abertas.

Especialistas em vida selvagem estão estudando se a perda da pele e feridas abertas detectadas em nove ursos polares nas últimas semanas é generalizada e relacionada a incidentes similares entre focas e morsas.

Os ursos estavam em 33 e foram encontrados perto de Barrow, no Alasca, durante a rotina de trabalho de pesquisa ao longo da costa do Ártico. Os testes mostraram que eles tinham “alopecia, ou perda de pele, e outras lesões de pele”,  o Serviço Geológico dos EUA disse em um comunicado .

2.  Há uma epidemia de mortes de leões marinhos ao longo da costa da Califórnia.

Nos viveiros da ilha ao largo da costa sul da Califórnia, 45 por cento dos filhotes nascidos em junho morreram, disse Sharon Melin, um biólogo do Serviço Nacional de Pesca Marinha sediado em Seattle. A situação é tão ruim que levou nas últimas duas semanas a National Oceanic and Atmospheric Administration a declarar um “evento incomum de mortalidade”.

3.  Ao longo da costa do Pacífico do Canadá e da costa do Alasca, a população de salmão-vermelho estão tendo uma baixa histórica. Muitos estão culpando Fukushima.

4.  Algo está causando aos peixe ao longo de toda a costa oeste do Canadá  a sangrarem através de suas brânquias, barrigas e olhos.

5.  Uma vasta área de detritos radioativos de Fukushima, que é aproximadamente do tamanho da Califórnia, cruzou o Oceano Pacífico e está começando a colidir com a costa oeste.

6.  Ele está sendo previsto que a radioatividade das águas costeiras da costa oeste dos EUA poderá dobrar nos próximos cinco a seis anos.

7.  Especialistas descobriram  altos níveis de césio-137 em plânctons que vivem nas águas do Oceano Pacífico, entre o Havaí e a costa oeste.

8.  Em uma pesquisa feita na Califórnia, descobriu-se que 15 dos 15 atuns rabilho foram contaminados com a radiação de Fukushima.

9.  Já em 2012, o Vancouver Sun informou que o césio-137 estava sendo encontrado em uma percentagem muito elevada nos peixes que o Japão estava vendendo para o Canadá …

• 73 por cento do mackerel

• 91 por cento do halibut

• 92 por cento das sardinhas

• 93 por cento dos atuns e das enguias

• 94 por cento do bacalhau e das anchovas

• 100 por cento da carpa, algas marinhas, tubarões e tamboril


10.  autoridades canadenses estão encontrando níveis extremamente elevados de radiação nuclear em determinadas amostras de peixes.

Algumas amostras dos peixes testados até à data tiveram níveis altíssimos de radiação: em uma amostra coletada em julho, por exemplo, teve 1.000 becquerel por quilo de césio.

11.  Alguns especialistas acreditam que poderíamos ver níveis muito elevados de câncer ao longo da costa oeste  apenas de pessoas que comem peixes contaminados.

“Olhe para o que está acontecendo agora: Eles estão despejar grandes quantidades de radioatividade para o oceano – ninguém esperava isso em 2011,” Daniel Hirsch, professor de política nuclear na Universidade da Califórnia-Santa Cruz, disse à Global Security Newswire . ”Nós poderíamos ter um grande número de câncer por ingestão de peixes.”

12.  A BBC News informou recentemente que os níveis de radiação ao redor de Fukushima são “18 vezes maiores” do que se acreditava anteriormente.

13.  Um estudo financiado pela União Europeia concluiu que Fukushima liberou até 210 quatrilhões de becquerels de césio-137 na atmosfera.

14.  A radiação atmosférica de Fukushima atingiu a costa oeste dos Estados Unidos dentro de poucos dias a partir de 2011.

15.  Neste momento, 300 mil toneladas de água contaminada está sendo derramada no Oceano Pacífico a partir de Fukushima, a cada dia.

16.  Um pesquisador sênior da química marinha do Instituto de Pesquisas Meteorológicas da Agência Meteorológica do Japão diz que “30 bilhões de becquerels de césio radioativo e 30 bilhões de becquerels de estrôncio radioativo” estão sendo lançados no Oceano Pacífico a partir de Fukushima a cada dia .

17.  Segundo a Tepco, um total de algo entre 20 à 40 trilhões de becquerels de trítio radioativo tem atingido o Oceano Pacífico desde que o desastre de Fukushima começou.

18.  Segundo um professor da Universidade de Tóquio, 3 gigabecquerels de césio-137 estão fluindo para o porto de Fukushima Daiichi à cada dia .

19.  Estima-se que até 100 vezes mais que a radiação nuclear durante todo o desastre de Chernobyl já foi liberada no mar à partir de Fukushima.

20.  Um estudo recente concluiu que uma grande nuvem de césio-137 a partir do desastre de Fukushima vai começar a fluir em águas costeiras dos Estados Unidos no início do próximo ano.

Simulações para o mar mostraram que a pluma de substâncias radioativas césio-137 liberada pelo desastre de Fukushima em 2011 poderia começar a fluir para as águas costeiras dos Estados Unidos a partir do início de 2014 e pico em 2016.

21.  Está sendo previsto que níveis significativos de césio-137 vão chegar a todos os cantos do Oceano Pacífico no ano de 2020.

22.  Está sendo previsto que todo o Oceano Pacífico em breve “ terá níveis de césio, de 5 a 10 vezes maior ”do que aquilo a que assistimos durante a era dos testes de bombas atômicas pesadas no Pacífico há muitas décadas.

23.  As imensas quantidades de radiação nuclear que entram na água no Oceano Pacífico provocaram o ativista ambiental Joe Martino à emitir o seguinte aviso.

“Seus dias de comer peixes do Oceano Pacífico acabaram.”

24.  O iodo-131, césio-137 e o estrôncio-90, que estão constantemente vindo de Fukushima vão afetar a saúde das pessoas que vivem no hemisfério norte por muito, muito tempo. Harvey Wasserman falou à respeito sobre isso.

O iodo-131, por exemplo, pode ser ingerido na tireóide, onde ele emite partículas beta (electrões) causando danos dos tecidos. A praga da tireóide danificada já foi relatada entre 40 por cento das crianças na área de Fukushima. Esse percentual irá ficar mais alto. Em jovens em desenvolvimento, poderá prejudicar o crescimento físico e mental. Entre os adultos uma gama muito ampla de doenças auxiliares, incluindo o câncer. O Césio-137 a partir de Fukushima que foi encontrado em peixes capturados na Califórnia, espalham-se por todo o corpo, mas tendem a acumular-se nos músculos. Meia-vida do estrôncio-90 é de cerca de 29 anos. Ele imita o cálcio e vai diretamente para os nossos ossos.

25.  acordo com um recente relatório, a costa da Califórnia está sendo transformada em uma “zona morta”.

A costa da Califórnia está tornando-se uma zona morta.

Se você não foi para a praia da Califórnia, ultimamente, você provavelmente não sabe que as rochas estão estranhamente limpas – não há praticamente nenhuma alga, craca, ouriço do mar, etc.

As piscinas naturais são igualmente estranhas, desprovidas de caranguejos, caracóis ou qualquer outro sinal de vida.

Há dias em que estou duramente tentando encontrar até mesmo uma meia dúzia de gaivotas e / ou andorinhas do mar na praia.

Você ainda pode encontrar algumas gaivotas nas áreas de piquenique e próximas aos restaurantes (com áreas de estar ao ar livre) para a alimentação, é claro, mas não como anos atrás, onde os céus e todas as praias ficavam literalmente cheios de gaivotas e podíamos ouvir o som de seus gritos de dia e de noite …

Agora tudo está assustadoramente silencioso.

26.  Um estudo realizado no ano passado chegou à conclusão de que a radiação do desastre nuclear de Fukushima pode afetar negativamente a vida humana ao longo da costa oeste da América do Norte, do México ao Alaska “por décadas”.

27.  Segundo o Wall Street Journal, está sendo previsto que a limpeza de Fukushima poderá levar até 40 anos para ser concluída.

28.  O Professor Charles Perrow (Yale) está advertindo que, se a limpeza de Fukushima não for tratada com 100% de precisão, toda o planeta estaria ameaçado “por milhares de anos“.

“As condições na piscina da unidade 4, a 100 metros do chão, são perigosas, e se qualquer toque entre as hastes, poderia causar uma reação nuclear que seria incontrolável. A radiação emitida a partir de todas estas hastes, se não forem continuamente frescas e mantidas sempre separadas, exigiria a evacuação das zonas circundantes, incluindo Tóquio. Por causa da radiação no local, e as 6.375 varas no tanque de armazenamento não poderiam ser continuamente refrigerados; toda a humanidade estará ameaçada, por milhares de anos . “

Você está começando a entender por que tantas pessoas estão tão profundamente preocupadas com o que está acontecendo em Fukushima?

Para muito mais sobre tudo isso, confira o vídeo Fukushima e o Fim da Humanidade, postado abaixo.

                                       Veja o Vídeo Abaixo:


                                       Fonte:christiantruth

ESPETACULAR ENCONTRO COM UM UFO, MICHIGAN 27 OUTUBRO 2013


Eu moro em uma parte rural de Michigan, cidade grande mais próxima é Port Huron. 
Vi esse objeto perto da minha casa, na noite de 27 de outubro, 2013, então, eu segui uma estrada de terra e finalmente, acabou em um campo, eu saí do veículo ele começou a se mover em minha direção. 
Então eu corri como o inferno ele estava fazendo um barulho estranho som baixo e tinha um feixe de luz em meu veículo por um tempo.
O que diabos você acha que isso? Essa coisa me assustou .
Bem, esse objeto é muito maior do que o que eu vi e parece ter o mesmo raio verde.
 Mas desta vez não foi brilhante.



Veja o Vídeo Abaixo:


                                            Fonte:jcattera

Satélite Capta Luzes Misteriosas no Meio do Oceano !!


Um satélite da NASA detectou uma grande e estranha concentração de luzes no meio do Oceano Atlântico, ao longo da América do Sul. 
A concentração teria permanecido lá por alguns dias, levantando muita especulação do que seria por parte da equipe que monitorava, pois sabe-se que naquela área não há nada, nem mesmo plataformas petrolíferas.
E qual foi a explicação final da agência espacial? 
É claro, foi a de que seriam barcos de pesca agrupados no meio do oceano, pois o planeta Vênus fica na parte de cima e não poderia ser usado como desculpa. :)
Contudo, como pode-se ver pela foto acima, os alegados barcos pesqueiros emitem mais luz do que as cidades da costa da América do Sul, até mais que a cidade argentina de Comodoro Rivadavia, com mais de 137.000 habitantes.

                                         Veja o Vídeo Abaixo:


                                           Fonte:RoboCopVision

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Snowden e os Documentos Sobre as Mudanças Climáticas


Os chemtrails

Edward Snowden , o hacker que teve acesso a todos os cantos secretos da Internet durante o seu mandato na NSA , avançou com detalhes de um projeto secreto para alterar o clima mundos.
A verdade chocante, como ele diz, é que os chemtrails são parte de um programa  que visa combater o aquecimento global. Ao cooperar em segredo com os fabricantes de combustível de aviação , agentes do governo vem cuidadosamente mantendo  esforços enormes para manter os chemtrails completamente em segredo.


Eu só estou revelando esse programa , porque não há fiscalização na comunidade científica , sem discussão pública , e pouca preocupação com os efeitos colaterais que são bem conhecidas apenas por poucas pessoas privilegiadas interessadas ​​em continuar o programa de chemtrails a várias décadas em segredo.
De acordo com Snowden , os chemtrails são a única coisa que os EUA estão utilizando para combater os efeitos provenientes da incineração que está causando o aquecimento global, mas a que preço ? 
A mudança climática é uma ameaça para a agricultura dos EUA , tem sido rotulada como um problema de segurança nacional.
Com a influência e a cooperação da Monsanto , o laboratório secreto de Geoengenharia  apelidado de Muaddib vem operando desde o final da década de 1960, e o programa de chemtrail é muitas vezes referido por pessoas de dentro como a sua joia da coroa . 



Muaddib visa proteger a todo o custo clima da América do Norte, mesmo que isso signifique a aceleração da desertificação na África Subsaariana ou espalhar vestígios de substâncias cancerígenas em áreas menos populosas . Outros efeitos secundários , que os cientistas do  Muaddib mantém em  segredo no Geoengineering Lab são os dados que  preveem e incluem secas na Amazônia e poderosos vendavais ao longo da Costa Leste. 


Snowden teria compartilhado documentos decisivos como o  The Chronicle Internet , mas por preocupação com a segurança nacional, apenas o seu depoimento poderá ser publicado . Estes documentos contêm referências aos cientistas que certamente seriam alvo de contraespionagem estrangeira, e seu conhecimento é vital para a sobrevivência a curto prazo dos Estados Unidos .
Snowden disse: Se este programa fosse parar os cientistas por trás dele, acredito fortemente que em apenas um ano o clima da América do Norte se tornaria uma espiral fora de controle, e as quebras de safra levaria a uma série de fomes devastadoras que decresceria rapidamente os centros urbanos.Como o programa foi realizado em uma escala tão maciça , os céticos podem achar a  história de Snowdens inacreditável.
No entanto, Snowden explicou que o programa chemtrail tem sido incrivelmente fácil de esconder , especialmente com a colaboração de empresas de combustível de aviação , uma parte crucial do complexo militar -industrial, disse Snowden.
Os produtos químicos que são liberados pelos aviões de passageiros foram secretamente introduzido como aditivos , supostamente para melhorar a eficiência. Só quando o avião atinge velocidade de cruzeiro é que o calor e a pressão atmosférica causam uma reação química que sintetiza a top molécula secreta de carbono -trapping .


Este processo é imperfeito, e muitos dos subprodutos são incrivelmente perigosos , mesmo em pequenas quantidades . A coisa mais perigosa é que, embora os chemtrails estão mantendo o clima dos EUA razoavelmente estável , os cidadãos são bombardeados todos os dias com uma chuva invisível das moléculas de carbono -laden , e o efeito sobre a saúde é totalmente desconhecido
 ( via chronicle.su ) e disclose 

                                       Veja os Vídeos Abaixo:


                                             Fonte:Tom Lupshu


                                       Fonte:ExperimentalVaccines

NASA CONFIRMA QUE RESTOS DO COMETA ISON IRÃO SE CHOCAR COM A TERRA !!!


A partir deste primeiro vídeo de Science At NASA é interessante aprender como o cometa ISON, durante a sua passagem perto da Terra vai deixar um rastro de detritos do cometa que caira sobre o planeta Terra, não uma, mas duas vezes! E, como sabemos, os detritos do cometa ISON  que vai cair na Terra são considerados uma ameaça, mas tudo será acompanhado também pela beleza e encanto das nuvens noctilucentes azuis.


                                           Fonte:CandasNEWS

O segundo vídeo abaixo, surge a pergunta: pode ser definida como o cometa ISON a estrela "Kachina Azul" da famosa profecia Hopi? Mas a antiga lenda refere-se à cor do cometa, o efeito de cor (azul), levando um cometa com a Terra, ou a um objeto cósmico precursor que antecede a vanguarda da Dark Star?


Aqueles que estão familiarizados com as antigas profecias de americanos nativos (índios) Hopi, eles sabem que um dia, em nossos céus verá o Kachina Blue Star. Com o tempo, esse "Blue Star" torna-se um símbolo de um evento futuro (cíclica) anunciar que o "Fim dos Tempos", e é assim chamado "Locutor Comet".


                                           Fonte:2012theLight

Os astrônomos acreditam que o cometa poeira ISON, voltada para o Sol, acabará por cair para a Terra, afetando tanto todas as partes do globo. O pó que é deixado para trás, será transferido para fora pelo vento solar e cerca de 12 Janeiro de 2014, como previsto pelos astrônomos, a Terra vai enfrentar esta chuva de poeira do cometa, entrando justamente nessa nuvem que inclui também o lixo espacial, um fenômeno que vai durar alguns dias.


Os astrônomos dizem que um evento como esse é sem precedentes, mas não pode ter certeza que vai acontecer durante o período em que a Terra vai ser imerso na nuvem de cometas, não negligenciando o fato de que o mesmo pó do cometa, caindo na superfície da terra, serão filtrados lentamente a partir da atmosfera durante vários anos.
Fonte:http://www.segnidalcielo.it/ 

domingo, 27 de outubro de 2013

Japão Testa Asteroide Tiro de Canhão Espaço


Cientistas japoneses preparando para explodir uma cratera em um asteroide para descobrir o que ela é feita de nesta quarta-feira que testou com sucesso seu novo canhão espaço. A Agência de Exploração Aeroespacial do Japão ( JAXA ), disse que a grande arma que dispara uma bala de metal na superfície do asteroide 1999JU3 algum tempo em 2018. A Hayabusa -2, que vai lançar a arma , então pousar na superfície e recolher amostras do solo recentemente perturbado como parte de um projeto de pesquisa para materiais orgânicos ou por qualquer sinal de água. "O projeto Hayabusa -2 está progredindo conforme planejado ", disse um porta-voz da JAXA à AFP. A nave está prevista para ser lançada no espaço no  próximo ano por um dos dedicados foguetes H2A da JAXA , que são lançados do sul do Japão . A sonda será arremessado em uma trajetória que seus operadores esperam levá-lo para o caminho de 1999JU3 quatro anos depois. O 1999JU3 unpoetically - nomeado é pensado para ser mais provável do que muitos asteroides para porto os blocos de construção da vida. Uma vez que tenha chegado ao seu destino , Hayabusa -2 vai pairar acima do asteroide para liberar o canhão espacial , que se destina à deriva suavemente para a superfície estéril . Como a arma flutua para baixo, Hayabusa -2 vai fazer o seu caminho para o outro lado do asteroide, onde pode abrigar sua matriz de sensores delicado de todos os detritos voando ou estilhaços . Com a sua nave-mãe com segurança para fora do caminho a Canon irá detoná -se , lançando uma grande bala -como o objeto na superfície abaixo dele. Depois que a poeira baixar, Hayabusa -2 irá retornar para inspecionar a cratera , tocando baixo na superfície do asteroide onde irá recolher amostras para análise na Terra.


A sonda deverá encontrar o seu caminho para casa algum tempo , em 2020 , levando consigo uma carga útil científica que está previsto para ser apreendida por cientistas. Os materiais virgens da explosão irá expor são uma parte essencial do quebra-cabeça para os pesquisadores que tentam entender como os planetas são formados, e - possivelmente - irá ajudá-los a aprender sobre a forma como poderiam surgir formas de vida , JAXA disse . Hayabusa -2 é o sucessor do original " Hayabusa " , uma sonda de espaço profundo que pegou poeira de asteroides de uma rocha espacial em forma de batata e retornou à Terra 2010. Os cientistas esperam Hayabusa -2 terá como base o trabalho de seu antecessor , que só foi capaz de coletar amostras de poeira na superfície que poderiam ter sido alterados por anos de exposição para as diversas formas de energia que encontramos no espaço.

                                         Veja o Vídeo Abaixo:


                                       Fonte:World News Agenda

UFO Escondido na Erupção Solar, 26 de Outubro de 2013


UFO aparece em Erupção Solar, 26 de Outubro de 2013, 
cada vez mais frequentes aparições de
UFOS, seria realmente um Portal como dizem, pata viagens espaciais.

Veja o Vídeo Abaixo:


                                           Fonte:UFOvni2012

Asteroides - Satélite Gaia sera Lançado ao Espaço para Supervisionar a Área Escura entre o Sol e a Terra


Os astrônomos não tenham sido previamente capaz de detectar asteroides no "ponto cego", graças à radiação do Sol bloqueio de sinais de rádio e informações dos satélites. Mas agora, a Agência Espacial Europeia pretende lançar ao Espaço Gaia Hubble, a tarefa fundamental é monitorar a área entre a Terra e o Sol e alertar sobre qualquer colisão iminente.


Um asteroide que recentemente viajou durante meses através da " zona cega ", antes de colidir com a Terra, foi lançada na Rússia em 15 de fevereiro do ano passado e que causou uma espetacular bola de fogo antes de cair em Chelyabinsk causando danos a casas e mais de mil feridos.



Gerry Gilmore , professor de filosofia experimental no Instituto de Astronomia da Universidade de Cambridge, disse ao jornal The Times: "a sonda (telescópio) espacial Gaia fará a varredura de todos os asteroides no espaço escuro, incluindo aqueles que se encontram entre nós e o Sol, que são os que realmente são perigosos, porque não podemos vê-los. "


                                           Veja o Vídeo Abaixo:


                                           Fonte:The Mars Underground·

Das Nações Unidas, um esforço global necessário para defender a Terra de asteroides


NOVA YORK - Os membros da Organização das Nações Unidas reuniram-se  com os astronautas e cosmonautas mais ilustre esta semana em Nova York para começar a implementar o plano de emergência internacional primeira vez para defender a Terra contra asteroides catastróficos.


Cosmonautas foram envolvidos nessas discussões das Nações Unidas, onde foi discutido, Sexta-feira 25 de outubro de 2013 para um esforço global para se defender dos asteróides. O conjunto foi então se espalhou numa conferência de imprensa organizada pelo astrofísico Neil de Grasse Tyson no Museu Americano de História Natural. Seu objetivo: conduzir um projeto conjunto de ameaças muito reais do mundo, representada por objetos próximos da Terra (NEOs), asteróides ou viajar dentro do raio da órbita da Terra com o Sol.


Para ajudar a alcançar este objetivo, Lu co-fundou uma organização chamada Fundação B612 em 2002. Hoje, o grupo está desenvolvendo um telescópio espacial infravermelho construído por particulares - o chamado "Sentinela Telescópio Espacial" - com a única finalidade de identificar os asteroides que ameaçam. A fundação espera lançar o telescópio em 2018.


As agências espaciais Sentinela Espacial Hubble para ajudar a identificar as ameaças de objetos próximos à Terra, anos antes que eles atinjam a Terra, fornecendo os governos e as agências espaciais de um programa comum de agir com o tempo necessário e assim, desviar ou destruir o asteroide. Tal ação resultará na distribuição de uma nave espacial - ou mais naves espaciais, dependendo do tamanho da rocha do espaço, em direção ao asteroide para desviá-lo da órbita em rota de colisão com a Terra.


A tecnologia e fundos para iniciar esta operação e desviar um asteroide perigoso neste sentido já existem, e da Comissão da ONU explicou isso muito bem com a Associação de Exploradores Espaciais, grupo que inclui os astronautas ativos e aposentados, que decidiram juntos para envolver as Nações Unidas na sua tomada de esforços conjuntos para uma ação global em caso de emergência decisão.
Lembre-se que já existe um projeto que remonta a 2008, quando a Comissão apresentou Unidas Uniteuna primeiro rascunho de um relatório intitulado " Ameaças de asteroides: uma chamada para a resposta global , ou "Ameaças de asteroides: um convite para uma resposta global" - com a finalidade de melhorar a consciência pública sobre as ameaças iminentes, e incentivar os decisores políticos para desenvolver planos e nomear gestores para enfrentar essas ameaças em tempo hábil.

O ex-astronauta da NASA - Apollo, Russell Schweickart 
é líder de uma comissão internacional para a redução de risco contra a ameaça dos asteroides

A explosão de um asteroide assassino sobre Chelyabinsk, na Rússia, em fevereiro passado, que causou danos em toda a cidade e ferindo mais de 1.000 pessoas, ajudou a chamar a atenção do público para o que os membros da comissão descrever a forma como o espaço de ameaça é muitas vezes esquecido e subestimado em todo o planeta.
"Precisamos sensibilizar os políticos, aqueles que nos governam e os povosi, para perceber que este não é apenas um conceito de ficção científica, ou algo que vai acontecer em 100 ou 500 anos no futuro:" Então, Thomas Jones, ex-astronauta da NASA e cientista de pesquisa sênior no Instituto de Florida, disse em uma conferência de imprensa no SPACE.com. "O fato de que isso aconteceu agora, eu acho, que a ficção científica é aplicada à realidade."
As recomendações que o grupo apresentou às Nações Unidas esta semana, que fornecem um retrato do que os governos devem saber e portanto, uma análise e, em seguida, implementar um programa específico, no caso de uma emergência. No entanto, os detalhes destas recomendações ainda estão em obras, como afirmou Schweickart.

Este gráfico NASA mostra as órbitas de todos os conhecidos asteroides potencialmente perigosos (PHA), que tem mais de 1.400 desde o início de 2013. Mostrado aqui é um close-up das órbitas sobrepostas sobre as órbitas da Terra e de outros planetas interiores.

Os cientistas estimam que há cerca de 1 milhão de asteróides próximos da Terra que poderiam representar uma ameaça para o planeta, mas apenas uma pequena fração delas foi realmente detectada por telescópios. Existem cerca de 100 vezes mais asteróides à espreita no espaço do que jamais foi esperado, disse Edward Lu, um ex-astronauta da NASA e co-fundador da Fundação sem fins lucrativos B612 apoiar as estratégias de defesa comum da ameaça de asteróides. "Nosso desafio é encontrar estes asteróides antes que eles nos encontrem", disse Lu.


                                             Veja o Vídeo Abaixo: